se escreveu remeta... não se submeta...

sabe, a tristeza também bate a porta, às vezes, a mesma porta que a felicidade bateu um dia...
talvez por um erro nosso, somente um talvez...
sem convicções...
é um vazio estranho, uma sobra de espaço desnecessário...
um chorar sem motivo, um riso para disfarçar...
não dá para entender muita coisa...
na verdade, não dá pra entender nada...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Texto do Arnaldo Jabor sobre relacionamentos "modernos"

Meme